Entrevista com Angelo Vanhoni

 

“PT tem que organizar a resistência”

Ouvimos o Ex-Deputado Federal pelo PT do Paraná, que participará no 7º Encontro Nacional do DAP/Reconstrução:
Por que você se dispôs a participar deste Encontro Nacional?
A.Vanhoni: Esta iniciativa vai ao encontro de uma necessidade vital para o nosso partido, que é estimular o debate político, nos últimos tempos sufocado dentro do PT. Além disso, considero que o núcleo de companheiros que orienta este agrupamento expressa uma política de ajudar na auto-organização dos trabalhadores. Na atual conjuntura, o PT tem que se defender e organizar a resistência. Há muitos entre nós que ainda não compreenderam isso. Quero me reunir e debater com companheiros que defendem essas ideias.
Como organizar a resistência?
A. Vanhoni – Isso só será possível se o partido se colar aos movimentos sociais, ouvi-los, trazer para dentro do PT suas reivindicações e experiências, elevar a autoestima dos trabalhadores, fortalecer o sentimento de unidade da classe.
Como você vê o papel deste encontro na reconstrução do PT?
A. Vanhoni – Acho que muitos militantes estão fazendo uma reflexão sobre o comodismo, sobre a confusão que se fez entre partido e governo. Começam a incorporar a convicção de que transformações profundas em benefício da maioria do povo não podem se basear apenas em programas sociais de governo. Este balanço aponta para mudanças na política e também mudanças internas no PT. Espero que o encontro do DAP avance nessa política de reconstrução.

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.