Cresce a responsabilidade do DAP

Lula está preso há mais de um mês. E, como diz o Comunicado do Comitê Nacional do Diálogo e Ação Petista de 14 de abril: “a luta pela liberdade de Lula concentra a defesa da democracia e das conquistas obtidas com muita luta pelo povo trabalhador, concentra a possibilidade da construção de uma nação livre e soberana, concentra o futuro do próprio PT”.

Nesse quadro, aumenta o papel do DAP, quando defende que a candidatura de Lula é inegociável, quando rechaça as pressões para que o PT aceite um “plano B”, em outras palavras, que encare a prisão de Lula como fato consumado, que rife a sua candidatura.

É hora de aprofundar a luta. Para isso, é fundamental criar e fortalecer os grupos de base do DAP. O DAP fala uma linguagem clara:
Lula livre! Lula candidato do PT a presidente do Brasil! Eleição sem Lula é fraude!

E foi com base nessas posições que participamos das várias atividades do 1º de maio pelo país afora, a começar de Curitiba (abaixo):

WhatsApp Image 2018-05-01 at 16.44.40
Ato do 1º de maio em Curitiba

No 1º de Maio em Curitiba…

Militantes do Diálogo e Ação Petista de vários estados estiveram em Curitiba, no ato nacional, convocado por 6 centrais sindicais sob o eixo “Lula Livre”, onde o DAP ocupou lugar de destaque na manifestação, com faixas, pirulitos e palavras de ordem.
A participação do DAP foi preparada numa plenária, realizada de manhã na Vigília Democrática Lula Livre. A plenária, coordenada por Júlio Turra, da Executiva Nacional da CUT e do Comitê Nacional do DAP, contou com a presença de cerca de 80 militantes, entre os quais integrantes da Juventude Revolução.
A plenária começou com um informe sobre a greve dos servidores municipais de Florianópolis, à qual o DAP presta seu apoio. Em seguida, Júlio Turra fez uma exposição sobre a situação política, marcada pela prisão de Lula, na qual o 1º de Maio nacional em Curitiba devia ocupar um lugar central. Turra referiu-se ao Comunicado do DAP de 14 de abril, lendo alguns trechos, entre os quais destacou aquele que diz que a candidatura Lula é inegociável.

WhatsApp Image 2018-05-01 at 13.45.35
Plenária do DAP no acampamento de Curitiba

Por fim, organizou-se a presença no 1º de Maio, inclusive a questão da segurança dos militantes contra possíveis provocações.
O resultado foi que o DAP teve uma participação de destaque, principalmente com as palavras de ordem que puxou junto com a JR (“Não tem plano B/primeiro turno é Lula do PT”, “O Brasil já sabe/eleição sem Lula é fraude”, “Michel Temer/a parada é a seguinte/ Você sai, Lula volta/ Pra fazer Constituinte”), assumidas por grande parte dos manifestantes.

… e pelo Brasil afora:

O DAP esteve presente nos atos de 1º de Maio em cidades de todas as regiões do país. Em Maceió, DAP e Juventude Revolução agruparam cerca de 60 militantes de Arapiraca, Girau e São Sebastião, além da capital.
Em Juiz de Fora (MG), o vereador Betão, do DAP, reforçou o sentido da luta Lula Livre, Lula Inocente, Lula Presidente, e defendeu a Constituinte para revogar as medidas dos golpistas e promover as reformas populares.
O DAP também esteve com suas faixas e palavras de ordem nos atos de Fortaleza, Recife, Salvador, Feira de Santana, Vitória, Rio de Janeiro, Goiânia e Brasília, entre outras cidades.


Artigos publicados originalmente na página do DAP que está na edição nº826 do jornal O Trabalho.

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.