Encontro Estadual consolida o DAP em Santa Catarina

O Encontro Estadual do Diálogo e Ação Petista – DAP Santa Catarina aconteceu no último sábado (11), com a presença de 74 militantes de 10 cidades do Estado. A Constituinte de 88 foi debatida na abertura do encontro. A principal discussão do Encontro foi como ligar a luta contra a reforma da Previdência e em defesa da Educação com a campanha Lula Livre.

Abertura

O companheiro Markus Sokol, da Executiva Nacional do PT e da Coordenação Nacional do DAP, fez um histórico do DAP e uma análise da conjuntura nacional e internacional, apontando os desafios e estratégias de ação para o próximo período. “Foi a Constituição de 1988 que tirou a Dilma e prendeu o Lula”, afirmou Sokol, durante análise inicial. A Constituinte de 88 acabou sendo debatida na abertura do encontro, com perguntas como porque o PT não teria assinado a Constituição de 88.

Debate da militância

jovem fala do plenário

A militância do DAP/SC debateu e encaminhou as atividades na luta da defesa dos direitos da classe, da Previdência Pública e da liberdade do companheiro Lula, preso político há mais de um ano pelas instituições herdadas da ditadura militar.

Foi discutida também a necessidade de unidade militante em torno da reorientação político-programática, estratégias e táticas do Partido dos Trabalhadores, reconectado e enraizado aos movimentos e demandas da classe trabalhadora e a sua tradição de ferramenta da luta de classes.

Coordenação estadual eleita

coordenação estadual eleita
Coordenação Estadual eleita

Ao final do Encontro foi eleita a coordenação estadual, com militantes de diversas regiões e causas populares.

“Foi um momento de formação, organização coletiva e muita interação entre participantes, reforçando a luta em nome da democracia, dos direitos e de Lula Livre”, avalia o companheiro Dan Ferreira, do DAP Lages/SC, um dos eleitos para a Coordenação Estadual.

Discussão realizada na abertura do Encontro

Um comentário em “Encontro Estadual consolida o DAP em Santa Catarina

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: