Na capital paulista, DAP se prepara para disputa do PED e 7º Congresso do PT

*Com informações de Bárbara Corrales

Companheiras e companheiros de 11 grupos de base do Diálogo e Ação Petista na capital paulista se reuniram para discutir a participação do DAP no Processo de Eleição Direta do Partido dos Trabalhadores e a construção de nossas chapas em São Paulo, além da chapa de delegados para as etapas estadual e nacional do 7º Congresso do PT.

A reunião teve início com uma discussão sobre a atual situação política do país com os seguintes pontos: a luta em defesa da Previdência Social e a preparação do Dia Nacional de Luta – em 13 de agosto –, a campanha pela liberdade do companheiro Lula e a luta pelo fim do governo Bolsonaro.

Discutimos e consideramos positivo o convite da CNB para a formação de uma chapa comum na capital, que seria orientada politicamente pelos 7 pontos apresentados pelo DAP, mais o necessário balanço do governo do ex-prefeito Fernando Haddad, necessário ao se discutir a candidatura do PT para 2020, tal como a resolução aprovada no Congresso dos Diretórios Zonais.

A reunião terminou com o balanço da adesão ao documento da Contribuição do DAP ao 7º Congresso do PT por 388 companheiros de 17 Diretórios Zonais da Capital; inscrição – até agora – de chapas em 11 zonais e com 6 companheiros do DAP dando seus nomes como candidatos à presidência do PT: Madalena Figueiredo, no Tucuruvi, Sabrina Teixeira no Butantã, Carlitos Pires, no Campo Limpo, e Alexandre Linares, na Mooca.

Para reeleição: Adilson Souza  na Freguesia do Ó/ Brasilândia; e Vlamir Lima, na vila Maria. Decidimos ainda ampliar as adesões em outros zonais, para dar maior capilaridade à campanha da chapa.

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: