Rio Grande do Sul: fim do governo Bolsonaro

Proposta defendida pelo DAP é aprovada com 2/3 dos votos

Duas polêmicas devem ser destacadas no encontro do Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul.

Fim do governo Bolsonaro

Uma foi a votação da resolução pelo “fim do governo Bolsonaro”, apresentada pelo Diálogo e Ação Petista (DAP) com apoio da Construindo um Novo Brasil (CNB), Resistência Socialista (RS) e Articulação de Esquerda (AE) . Contra ela foi apresentada a proposta “Fora, Bolsonaro/ Eleições”, defendida pelo Avante e apoiada pela Democracia Socialista (DS) e Esquerda Democrática (ED).

O “Fora, Bolsonaro” foi defendido sob o argumento de que “se éramos ‘fora, FHC’, por que não ‘Fora, Bolsonaro’, pois este governo é pior”. Em nome do DAP, André Sena, de Santa Vitória do Palmar, explicou que tínhamos à época Lula como candidato a presidente e estávamos numa ofensiva política. Hoje, num estado de exceção, tudo se concentra em tirar Lula da prisão, nosso partido deve colocar fim ao governo Bolsonaro o quanto antes, mas a defesa de Lula é incontornável. Botar Mourão não resolve nada e menos ainda esperar que Maia – que acabou de desmontar a Previdência – convoque eleições.

A resolução pelo “fim do governo Bolsonaro” foi aprovada por 2/3 dos votos e o plenário explodiu com o grito “Lula livre”, a primeira e única vez que essa palavra de ordem foi entoada no encontro.

Leia também:
São Paulo: aprofundar o 6º Congresso
Minas: pouca discussão no Congresso
Governos do PT em questão
Santa Catarina: polêmica sobre política de alianças
Rio: autonomia para a JPT

Política de alianças

A segunda polêmica foi sobre a política de alianças. Uma proposta de consenso, excluindo o DAP, dizia que “onde liderarmos as chapas, devemo construir uma amplitude que viabilize vitórias sem descaracterizar nosso programa”.

O DAP contrapôs que era a velha política de “amplitude para ganhar” que abriu caminho para a aliança com PMDB, PP, Temer… Mesmo tendo esmagadora maioria de votos, a votação não foi comemorada, havia um real constrangimento no plenário.

O DAP elegeu um membro no DR do partido.

*Com informações do Estado

Siga o Diálogo e Ação Petista nas redes sociais. Curta, comente e compartilhe: Facebook, Instagram, Twitter, YouTube.

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: